Felix Blume (picture by Julien Lambert) large English Français Español / Português

Félix Blume (França, 1984) é um artista sonoro e engenheiro de som. Ele trabalha e vive atualmente entre o México e a França. O seu trabalho é focado na escuta e convida-nos a viver experiências sonoras que possibilitam uma perceção diferente do ambiente. Ele usa o som como material básico em peças sonoras, vídeos, ações e instalações. O seu processo é frequentemente colaborativo, trabalhando com comunidades e usando o espaço público como contexto no qual ele explora e apresenta seus trabalhos. Ele está interessado em mitos e na sua interpretação contemporânea, em diálogos humanos tanto com contextos naturais e urbanos habitados, em que as vozes podem dizer mais do que palavras.

As suas composições foram transmitidas em rádios de todo o mundo e também em diferentes lugares como o Centre Pompidou e o Musée d’Orsay (França). Conquistou o prémio “soundscape” pelo seu último vídeo, Curupira, criatura da madeira, e o prémio “Pierre Schaeffer”, pela sua obra Los Gritos de México, na Phonurgia Nova Awards. 
Em 2018, ele fez uma instalação sonora específica do local intitulada Rumors from the Sea, composta de centenas de bambus e flautas na costa de Krabi, uma obra encomendada pela Bienal da Tailândia.

Participou em festivais e exposições internacionais como LOOP Barcelona (2015), CCCB Barcelona (2015), Tsonami Arte Sonoro Chile (2015, 2018), Fonoteca Nacional México (2016), Ex Teresa México (2016), CENTEX Chile (2017) , CTM Berlim (2017), Festival Belluard (2018), Artes Santa Monica Barcelona (2018) e Bienal da Tailândia (2018), entre outras.

Download Portfolio 2018 (in English)
Télécharger le Portfolio 2018 (en Français)
Descargar el Portafolio 2017 (en Español)

Ongoing, Upcoming & Passed Exhibitions Here